Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Lembrança & Cia
 
A lembrança existe, está sempre no passado,
Mas é no presente que ela vive.

Quase nunca está só
O que é mais engraçado.
 
A lembrança é a visita inesperada
E quase sempre chega acompanhada,
Nos pega de surpresa
E nem sequer fica acanhada.

 
Ela não tem preferência
Por companhia,
Às vezes chega com a tristeza
Outras vezes com a alegria.
 
Às vezes nos distrai
Outras vezes nos destrói,
É quando vem com a saudade,
O que mais dói.
 
Quando vem com a alegria,
Tudo é festa, traz tantas coisas bacanas
À gente bebe comemora;

É a maior folia.
 
Quando vem com a melancolia
Fala de coisas, de um lugar,
De um olhar, de pessoas,
Do rio e do mar.
 
A lembrança é presente,
Em tardes frias e noites quentes
Não importa,
Ela nunca está ausente.
 
Tem dias que ela só chega de passagem,
Mas tem dias que ela fica até mais tarde,
É nesses dias que ela trás,

Alguém que tanta falta nos faz.
António Souza
Enviado por António Souza em 25/07/2018
Alterado em 07/08/2018

Música: Rain_and_memories_ - Paul_Denver

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Antônio Souza - www.antoniosouzaescritor.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras