Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Desejo

No silêncio da noite uma presença
Sem cheiro sem cor sem tato
Uma lembrança densa
Adormecida no escuro quarto

O Pensamento vagueia por toda parte
Assobios do vento lá fora tocam à janela
Inculto um vulto na mente se mexe
Um rosto sublime da ilusão aparece

A alma em desejos ardentes desperta
Procura em vão por um corpo tocar
Encontra um canto nostálgico
Embriaga-se no vinho a pensar

As rimas alimentam a esperança
A música pede um passo de dança
Na cama um corpo rebola
Nada senão o lençol alcança

Noite insone nua e sem descanso
lampejos vibram de surdos desejos
No peito um soluço bem manso
Vontades reprimidas de longos beijos
.
O amanhã distante se mostra incerto
Tudo parece passar bem devagar
O que apenas se queria perto
Era um outro corpo para se abraçar.

------------------------





 
António Souza
Enviado por António Souza em 28/10/2018
Alterado em 29/10/2018

Música: VOCÊ - Maria Bethânia

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Antônio Souza - www.antoniosouzaescritor.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras