Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Recados & Notícias

Olá amor, ainda vives estás legal?!
Há tempos nada sei de você
Resolvi publicar no portal
Espero que leias ou venha saber

Estou por aqui no mesmo lugar
As estações chegam e se vão
A campainha silente a tocar
O carteiro senil sempre acena não

Na varanda bate um desalento
Não sei mais o que pensar
Já me tornei amigo do vento
Estou triste de tanto esperar

Aonde andas, ainda me queres?!
Diga-me algo preciso saber
Seduzem-me outras mulheres
Por favor, dê-me notícias de você

Porém se te calares como estás
Quero que saiba minha decisão
Vou conhecer melhor a crush
Espero que tenhas compreensão

É o que todos estão fazendo
Também vale pra mim, não?!
Agente fica assim você sabendo
Caso volte dispenso a tampão

É de momento a solução
Que vai me ajudar
A não ficar
Na mão

bjs

 
António Souza
Enviado por António Souza em 13/12/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Antônio Souza - www.antoniosouzaescritor.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras