Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos


Pai biológico
 
Plácido e bravo fostes tu meu Pai
Estás em mim a cada instante
Tu és a flor do deserto a neve que cai
Meu herói em terra distante
 
Superastes todos teus desafios
Te fizestes forte na adversidade
Tirastes forças da tristeza com brios
Supristes a tua própria necessidade
 
De labuta admirável
Fostes sempre um vencedor
Me mostrastes a coragem
Sem ter medo da dor
 
Amaste e fostes amado
Tivestes erros como tantos
Mas por amor foi perdoado
Ainda que aos prantos
 
Tu me ensinaste a viver
A hombridade dos destemidos
Na singeleza do olhar
Os valores desmedidos 
 
Tua ausência me convence
De lembrar o ensinamento 
Fazer um mundo melhor
Nossa missão de todo momento
 
Hoje é o nosso dia merecido
Também sou Pai,
Um pouco diferente
Eu estou sempre presente 
 
Nossa eterna amizade meu Pai.
Espero que estejas bem
Fique com Deus por aí
Que eu também fico por aqui
 
_________________
Antônio Souza
(Prosas)
 

Música: https://youtu.be/cKEkePEpcp0
Pai – Fábio Júnior
 

www.antoniosouzaescritor.com
Antônio Souza
Enviado por Antônio Souza em 10/08/2019
Alterado em 10/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Antônio Souza - www.antoniosouzaescritor.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras