Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
Textos
Segredos
 
 
Um tanto confusa, Ela disse: - vou embora. Rumou em direção a porta do quarto, Ele se adiantou torceu a chave e a jogou para bem longe. Pegou-a pela cintura, e Ela fingia querendo soltar-se. Com uma das mãos Ele varreu o que havia em cima da cômoda, com apenas um movimento, a suspendeu e sentou-a ao móvel, buscou beijá-la, Ela insinuou querer, mas virou-lhe o rosto. Ele pôs os dedos na abertura de sua blusa, de uma só vez os botões tilintaram no chão. Ela entrelaçou-se a Ele com suas pernas e abocanhou-lhe um beijo quente em seu corpo; tomou o comando e virou-se segurando-lhe as mãos, Ele a beijava os ombros, Ela jogou-se com ele na cama, de bruços, aproveitou-se do momento de estar com seu rosto próximo ao dele e segredou-lhe ao ouvido as palavras que deram início a uma das melhores noites de sua vida: - me ama, me ama muito.
 
 
.........................
Antônio Souza
(Miniconto/Sensual)
 
https://youtu.be/rSZBSCKNWiU
 
www.antoniosouzaescritor.com
Antônio Souza
Enviado por Antônio Souza em 05/03/2021
Alterado em 05/03/2021
Comentários
O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras