Antônio de Souza Filho
Meus Escritos
Textos
Deus, como eu te amei


Eu achava ela tão linda
Tudo nela me atraia...
Ela tinha umas sardas no rosto
Eram lindas... como bem lhe caía.

Ela era esperta delicada
Sorria sempre... até do nada
Comigo, ela sempre brincava
Me chamava de feioso, eu gostava.

Parecia ser a chefa de suas colegas
Todas gostavam dela até bajulavam
Eu de longe ficava e a tudo admirava
Quando se cansava, comigo ela falava.

D'um jeito lindo Ela me olhava
Sem graça eu ficava, ela me brigava
Por ser tão calado, mas me gostava
Ela sequer sabia, o quanto eu a adorava.

O tempo passou nossa infância acabou
Ela foi p'rum lado eu fui pra outro
A vida outro rumo pra nós tomou
Depois soube que ela se casou.

Outro dia fui por lá
no local onde crescemos
Vi o colégio... as ruas do lugar
E onde mais gostávamos de ficar;

Entrei na nossa igrejinha
Onde um dia sonhei com ela me casar
Tava tão linda, cheia de flores
Eu me ajoelhei e comecei a rezar.

Quando levantei vi pessoas ao redor
Um grupo de senhoras conversavam
Uma delas era a que mais se destacava
Vez em quando para mim ela olhava;

Então de mim, ela se aproximou
Sem me deixar pensar perguntou
Você é quem eu estou pensando?!
E sorrindo corrigiu "quer dizer" o senhor...

Fiquei tão feliz porque de mim se lembrou
Naquele instante meu coração parou
Disse: só se for você quem pensando estou
Sorriu como antes  depois me abraçou.

Sorrimos muito conversamos tanto
Depois ela falou, lembra do Zé Carlos?
Eu disse: - sim, te adorava é o que sei
E me falou: - pois é, foi com ele que casei...

Eu disse: que legal o amor sempre vence
Ela me disse: sei que você também casou
Mas seu semblante caiu o riso murchou
E o que conversávamos por ali parou;

Ela levantou-se em seguida me abraçou
E antes de ir-se embora em meu ouvido
Ela sussurrou, eu estático e confuso fiquei
Baixinho falou: - Deus! como eu te amei...


..............................
Antônio Souza
(Contos/Amor). 
 
Música:

https://youtu.be/DaUcYuAs3Yw
Lionel Ritchie – Hello
 

www.antoniosouzaescritor.com

 
*****
Carinhosa interação do Grande Mestre
176200-mini.jpg?v=1456593281
18/03/2021 23:09 - 
POETA OLAVO

"Conto cantado em forma de poesia
 Parecendo até com um cordel
 Foi um sonho à luz do dia
 Que abraçou Maria no céu." 

*****
Antônio Souza
Enviado por Antônio Souza em 18/03/2021
Alterado em 19/03/2021
Comentários
O Enigma de Esmeralda R$29,90
Site do Escritor criado por Recanto das Letras